Blogagem coletiva “Mamãe tá de olho no consumismo”.

Oi queridas amigas(os)!!! Tudo bem com vocês? E como estão passando o final de semana? Espero que estejam aproveitando o final de semana com os filhotes.

Hoje vamos participar de mais uma BC, proposta pela a mamãe Nádia do Blog A sós mamãe Nádia. Mas desta vez vamos falar sobre o consumismo.


Bem, o Heitor ainda não tem idade para o consumismo, mas já eu! rs
Mas falando a verdade para vocês, nunca fui muito consumista. Desde criança sempre fui muito controlada com o dinheiro e com os meus desejos. Como já disse a vocês, aqui em casa a minha mãe sempre trabalhou por conta própria, tinha um restaurante,  então ela trabalhava muito, muito mesmo das 06:00 até meia noite... E tudo isso para poder me dá uma melhor condição de vida (melhor que a dela) e sempre fui muito grata a ela, e com isso sempre soube valorizar o seu  trabalho e aprendi a economizar, e a não comprar qualquer coisa que eu queira no momento e sim o que realmente eu precisava.

E depois que comecei a trabalhar, aí passei a dar mais valor no dinheiro ainda. Sou quase pão dura!
Claro que compro o que quero, mas penso muito se realmente preciso daquilo e naquele momento. Muito difícil eu me descontrolar. 
Durante minha gravidez, comprei apenas o essencial para o meu bebê, nada de querer comprar tudo que eu via pela frente com o motivo de ser meu primeiro filho, comprei o que realmente achava que ele iria usar nos primeiros meses de vida, sempre fui muito consciente, sem me deixar levar pelas vendedoras loucas para vender e nem pelo meu achar lindo. rs
Depois que Heitor nasceu continuo do mesmo, comprando o necessário,  claro que ele tem as roupinhas de usar em casa e compro umas melhores para ele sair, mas nada de olhar a marca e sim a qualidade e conforto do produto, e o mesmo vale para os calcados. 
Já os brinquedos dei alguns, mas sempre algo educativo, porque criança precisa de brinquedos. Mas já entrei em loja de brinquedo com ele e ele gostar de algum e eu não comprar, sem culpa. Deixo o consumismo para os membros da família (vovós, vovôs, tias e tios corujas).

Acho que a mídia, as empresas, as lojas fazem uma lavagem cerebral nas cabeças dos consumidores apelando para tudo, principalmente para as crianças. Fazem aquelas propagandas na TV, com as crianças felizes e alegres com o objeto dos sonhos, e muitas crianças acham que tendo aquele tal objeto vão ser felizes como as crianças da TV, pior,  que só vão ver felizes tendo aquele determinado objeto, ou se tendo tal produto eles vão serem os melhores, quando falo objeto é porque pode ser tantas coisas, pode ser brinquedos, roupas, calçados até comida. Eles criam uma fantasia irreal para que as crianças queira muito o produto deles. E cabe a nós mamães, muitas vezes a desfazer esses sonhos. Eu pelo menos penso assim..

Sei que também tem muitas mães e pais que tem que trabalhar muito, e muitas das vezes não tem tempo para os filhos, e com isso tentam de alguma forma comprar os filhos, dando as eles presentes ao invés de presença. Acho isso muito ruim para os país e principalmente para as crianças que já vão crescer com uma ideia de que compramos tudo até sentimento.

Nunca fui consumista, e quero ensinar ao meu filho a também não ser, claro que não vou ser hipócrita e dizer que vou cria-lo sem nenhum consumismo, sem dar o que ele quer, ou que não vamos cair nas propagandas mentirosas. Claro que não! Lógico que quando ele crescer ele vai ter o poder de escolha, mas quero sim orienta-lo sobre esse mundo consumista, onde muitos pensam que o que vale a pena é o ter e não o ser. 

Lógico que todos nós somos um pouco consumistas, uns mais outros menos, mas o importante é ensinar aos nossos filhos que nem sempre a gente tem o que quer, e que isso não significa que somos piores ou menos que ninguém. Ensinar a dar valor nas coisas, no trabalho, pois para termos algo alguém deve que trabalhar para conseguir o dinheiro, então devemos valorizar isso. Devemos ensina-los a ter o que realmente importa e principalmente que SER é muito melhor que TER.

Enfim é isso que eu acho sobre o consumismo!


E vocês o que acham????

Bjos e até a próxima!!!

32 comentários:

  1. Pão dura? kkkk

    Eu também procuro comprar só que precisamos. Claro que às vezes abro uma exceção, rs.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pão dura!? Nunca ouviu falar kkkkkkkkkkkkkkkk
      O importante é o limite, né! Nada demais é bom!!!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  2. Pão dura? kkkk

    Eu também procuro comprar só que precisamos. Claro que às vezes abro uma exceção, rs.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Passando para ler seu post da BC de hoje! Muito interessante seu texto!!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      É para refletir!
      Bjos
      Volte sempre!

      Excluir
  4. Eu tb sou assim amiga crio os meus filhos na medida do possível. Claro que gostaria de poder dar tudo que quisessem, mas não é por aí. O futuro a Deus pertence temos que preparar nossos filhos para o amanhã.
    Bom domingo.
    Bju
    Toninha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd amiga!
      é obrigação nossa orientar para depois eles voarem sozinhos!!!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  5. isso mesmo menina consumista de maneira racional
    sem exagero, amei a BC parabéns
    também participando bjs
    lindo domingo

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada flor!
      temos que ter limites para tudo!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  6. Ah amiga... quisera pensar como vc e conseguir por em prática.
    Mesmo tendo uma criação com dificuldades não fiquei fora do consumismo... ah só vc lendo minha participação kkkk
    Ai ai fico até encabulada com seu belo exemplo,

    Ah! aproveito pra te convidar da BC q acontece quinzenalmente às segundas-feiras, tem como tema Recordar, Aprender e Brincar - Vem participar, estamos te aguardando, bjss

    http://cphilene.wordpress.com/2013/04/07/bc-recordando-aprendendo-e-brincando-lembrete/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que isso amiga! rs
      Cada mãe faz o que pode, né!
      Garanto que vc é a melhor mãe que pode ser! Todas nós somos assim!
      Bjos e pode deixar que vamos participar!

      Excluir
  7. Tatty,

    Nossa que história bonita a sua, que legal que vc soube dar valor ao sacrifício da sua mãe e melhor ainda que vc está passando esses valores para o Heitor.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada flor!
      E realmente devo tudo a minha mãe!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  8. Cada um com o seu Correto. E segue o jogo... Bjus Andrea e Lara coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vdd! Cada um tentando ser a melhor mãe possível, cada um com seu modo né!
      Bjos!

      Excluir
  9. Concordo - ser é mais importante do que ter. Mas tem uma fase da vida dos filhos que isso é bem difícil de entenderem... acho que a fase mais complicada disso já passou aqui em casa. Mas o mundo externo nos coloca em aperto, às vezes, né? Gostei de tua maneira de encarar tema! Abs., também participei, aqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei amiga, ainda essa hora vai chegar kkkkk
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  10. Adorei o post... muito bom!!!
    Parabéns!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Amei o texto, bem sincero e reflexivo. Muito bom ver que não sou a única mãe a passar por esses dilemas. Foi ótimo ver sua opinião.
    Obrigada pela participação na blogagem coletiva! Fiquei muito feliz ao ver seu post participando.
    Já vá se programando pra participar da próxima edição, dia 12 de maio, com o tema “TELEVISÃO, COMPUTADOR e VIDEO GAME”. Vou contar com a sua participação, tenho certeza que você tem uma ótima opinião sobre esse assunto também. Vamos continuar trocando idéias, buscando o melhor para a educação dos nossos filhos!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada a você, que sempre está propondo tantas bc legais e reflexivas que nos ajuda a fazer um auto analise e refleti sobre nós mesmo!
      Bjos e conte sempre comigo!

      Excluir
  12. É isso aí!
    Sem inverter valores ne? Criança precisa de carinho e, como em tudo, eles aprendem por modelo...
    Ontem eu fiquei chocada no mercado o rapaz no microfone anunciando ovos de páscoa 2 por 1 e todo mundo alucinado comprando... nem percebem que foram "enganados" pagando uma fortuna na semana anterior...
    beijos
    Lele
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd amiga! Eu por exemplo não comprei ovos de páscoa para ele, ele ainda nem come e nem pode comer tantos chocolates, então para que comprar!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  13. Procuro mostrar p/ minha filha que tudo tem um custo, não simplesmente eu quero e pronto, já fui mais consumista, hoje tenho mais controle sobre os meus gastos.
    Bjs
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é amiga, mas é assim mesmo, vivendo e aprendendo. rs
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  14. Oi Tatty
    É minha primeira vez por aqui, mas já estou te seguindo, também estou participando da BC.
    Acho que vc falou tudo! Ser é melhor que ter, e tenho certeze que o Heitor será um grande homem pois tem uma grande mãe!
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/2013/04/mamae-ta-de-olho-no-consumismo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí Luciana, fiquei até emocionada com suas palavras, ganhei o dia!rsrs
      Pois minha intenção é essa, sempre tentar ser melhor que ontem, poder ser o modelo para ele!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  15. OI Tatty, a compensação pela ausência com presentes é uma realidade e às vezes alguns pais fazem até institivamente sem perceber. Mas é importante estar atento para darmos as pessoas e principalmente aos filhos e nós mesmas o que elas realmente precisam.
    Muito legal essa Blogagem Coletiva. Pena que eu não consegui participar.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com
    #recantocomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd, cris! E claro muitos pais nem percebem isso, acham que é normal. Mas o importante é cada um com sua criação e a gente respeitando todos né!
      Obrigada pela visita!
      Bjos e volte sempre!

      Excluir
  16. Oi Taty,
    vim conferir o seu texto.
    Assim como vc, eu tbm sou um pouco controlada com dinheiro, não sou mto gastona não. rsrsr
    E pretendocriar meu filho assim dando o devido valor às coisas.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty, também sou controlada!
      E faz muito bem,
      Bjos e volte sempre!

      Excluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...