Pagar ou não para ter seu obstetra na hora do parto?

Olá mamãe e papais!Tudo bem? Espero que sim!

Hoje iremos falar de um assunto pouco comentado, mas muito útil na vida das gestantes, principalmente porque eu sei que muitas já passaram pelo que passei. Então além de um post informativo é um desabafo.



Antes mesmo de engravidar, sempre pagamos plano de saúde, pois como todos sabem, a saúde pública está um caos, não que planos de saúde estejam uma maravilha (Não mesmo!), mas ainda assim continua um pouco melhor. 



Quem me conhece sabe, que minha gravidez foi totalmente programada, queria muito ter meu filho naquele momento. E para começar escolhi um ginecologista tal, de um ótimo hospital que já tinha escolhido que queria ganhá-lo. O médico é excelente, cuidou de mim bem antes da minha gestação e durante toda a gravidez, mas chegando nas últimas semanas, conversando sobre o parto, ele me disse que cobraria uma ''Taxa de disponibilidade'' caso eu quisesse a presença dele no meu parto. O que???? Pois é! E isso ocorre muito. Essa taxa é cobrada para que o seu médico fique a sua disposição e seja responsável, durante e depois do parto, até que você receba alta. 



Deixando bem claro, que nenhuma família é obrigado a pagar tal taxa, mas obstetra pode lhe dar está opção.


Alguns hospitais e obstetras cobram de R$ 2 mil a R$ 4 mil para ter a presença do médico escolhido pela família no momento do parto. Essa prática chamada de “Taxa de Disponibilidade” é polêmica e alvo de muitas ações na Justiça.

E o pior é que não existe uma lei federal que impeça ou libere a “Taxa de Disponibilidade”. Existe sim um enorme conflito de pensamento entre órgãos ligados à saúde e ao consumidor. Ficando assim as mães sem informação e não sabendo a maneira correta de agir.

O Conselho Federal de Medicina (CFM), por exemplo, considera que o cliente do plano deve sim pagar caso queira escolher o médico. O CFM alega entre outras coisas que o plano disponibiliza um plantonista para realizar o parto caso o médico escolhido pela família não esteja em horário de serviço.

No entanto, três órgãos são radicalmente contra o pagamento de taxa por parte de cliente de planos. São eles: a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) e o Procon. Basicamente, a ANS, o Idec e o Procons entendem que essa prática(Taxa de Disponibilidade) caracteriza-se comércio, frisando que a medicina tem como dever primordial e superior a saúde dos envolvidos, no caso a gestante e o bebê.
Os órgãos reforçam que as gestantes que tenham plano de saúde têm sim direito gratuito a escolher os profissionais que a atenderam durante a gestação, cabendo aos planos de saúde pagar a taxa de parto.

E no meio desta briga de órgãos ficamos nós mães sem saber como agir em um momento tão delicado de nossas vidas. A presença do obstetra que acompanhou toda a gestação não é questão de vaidade como dizem por aí e sim questão de saúde da mãe e do recém nascido, não haveria profissional melhor do que acompanhou toda a gravidez e sabe as evoluçôes da gestante. Sem contar o psicológico da mãe que se sente muito mais segura nas mãos daquele médico que á acompanha os nove meses. 

Então temos três opções: Pagar, não pagar ou acionar a justiça.  Isso quem decide é você!

O ideal é que meses antes do parto, ou até mesmo antes de pensar em ser mãe, leia seu contrato com o plano de saúde. Previna-se e pergunte ao obstetra da sua escolha como ele age nesta situação. Assim você evita dores de cabeça no fim da gravidez.

Eu não paguei, primeiramente porque não tinha todo esse dinheiro que eles pedem, e nem queria brigar na justiça, pelo fato do meu parto não ser de risco.(Se fosse eu acionaria a justiça). Confesso que entendo os obstetra, pois sei que eles tem que largar tudo para ir fazer um parto, principalmente os não agendados e parto normal, gerando custo a eles (cancelamento de consultas, transporte, alimentação), mas acho obrigação do plano de saúde arcar com essa dívida com eles, já que pagamos planos de saúde tão caros e não nós.

Preferi fazer o parto com a obstetra plantonista no hospital que escolhi, Tive medo? Sim! Queria meu obstetra? Sim! Mas... nem sempre é como desejamos. Importante que fui muito bem atendida pela obstetra plantonista, que me passou confiança e deu tudo certo!

E vocês já passaram por situação semelhante?



LEIA TAMBÉM:

- {Ser mãe} Sentimento de amor e dor: AQUI
Carta de um recém nascido para os visitantes: AQUI
Vai ser PAI? E agora? 14 dicas que precisa saber!: AQUI
- 50 Conselhos para Mães de Primeira Viagem: AQUI
- 6 ensinamentos do irmão mais novo para o irmão mais velho: AQUI
Acompanhe o Blog nas redes sociais e fique por dentro de TUDO! 

30 comentários:

  1. Isso depende demais...a minha GO não foi a que fez meu parto...outro médico fez...mas porque ela não podia no dia e no hospital que eu escolhi, mas é bom quando o GO pode fazer o parto...
    tem sorteio de um livro infantil no blog, vem participar
    www.vivaverdevivabem.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é amiga, isso acontece.Obrigada pelo carinho!
      Adoramos a sua visitinha!
      Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  2. Amiga adorei o post. Super informativo. EU desconhecia essa taxa que os obstetras cobravam. Na gravidez da Clara tive meu parto em hospital particular e agora nesta nova gestação novamente, mas como nessa quero tentar o PN creio que terei com o obstetra plantonista também.
    Mas vamos que vamos né? O importante é dar tudo certo no final.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yenho certeza que dará tudo certo, Deus abençoa!
      Obrigada pelo carinho!
      Adoramos a sua visitinha!
      Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  3. nao tenho nem mil...acho um absurdo pagar essa taxa..graças a deus meus 2 partos foi com o mesmo obstetra medido de hospital publico e particular muito bem recomendado.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é amiga, também acho...Obrigada pelo carinho!
      Adoramos a sua visitinha!
      Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  4. Menina que absurdo,eu tive três filhos mas graças a Deus não passei por isso,nem sabia que isso existia,talvez por que meu 3 partos foram cesárias, em fim nem sabia,acho que não temos de pagar não afinal já pagamos o plano , e acho que o médico deveria avisar isso logo no início da gestação para a pessoa decidir se quer ou não permanecer com aquele profissional.
    A única coisa que paguei foi o anestesista por fora , mas isso no parto do meu terceiro filho , pois no estado de Sergipe é assim que funciona,já dos outros 2 foi tudo pelo plano.

    http://blogdonadecasatambemsearruma.blogspot.com.br/
    http://deusguianossospassos.blogspot.com.br/
    http://literalmentelivrosefilmes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também concordo, acho que eles devem avisar logo de inicio. que bom deu tudo certo nos três,Obrigada pelo carinho!
      Adoramos a sua visitinha!
      Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  5. Tatty, minha gravidez foi muito planejada, esperada, desejada e sim eu paguei para ter o acompanhamento do obstetra na hora do parto, mas ao contrário de você, meu parto era de altíssimo risco (gestação trigemelar) eram 4 vidas envolvidas. Não tive escolha, não tive coragem de entregar minhas filhas aos plantonistas e paguei para ter obstetra comigo. Não me arrependendo nem um pouco.

    Parabéns pela ótimo post, realmente é um alerta muito importante, pois as vezes eles só avisam bem perto do parto, quando não há mas nada a fazer, no meu caso sempre soube dessa taxa.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, no seu caso vc fez certissimo, eu faria o mesmo, que bom correu tudo bem, deus abençoou. Obrigada pelo carinho!
      Adoramos a sua visitinha!
      Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  6. Olha eu não tenho bebes, mas tenho varias conhecidas que já tiveram seus filhotes :) e aqui em Santos, difícil é achar um medico que não cobre esta "taxa" . . . é complicado viu , menina ! ! !

    Se for cesárea então, aff . . . e se vc quiser o pai acompanhando o parto tb tem que pagar mais "taxa" . . .

    Beijocassssss
    Carol
    prosaeperfume.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é amiga, aqui em BH também está assim!
      Obrigada pelo carinho!
      Adoramos a sua visitinha!
      Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  7. que coisa né
    mais hoje se eu tivesse
    outro filho faria muitas coisas diferentes
    e o acompanhamento obstétrico do começo ao final seria meu ideal
    ------♥♥-----
    ----♥♥-♥♥----
    ---♥♥---♥♥---
    ---♥♥---♥♥---
    ---♥♥---♥♥---
    ----♥♥-♥♥----
    -----♥♥♥-----
    ----♥♥-♥♥----
    ---♥♥---♥♥---
    --♥♥-----♥♥--
    Iniciativa contra o câncer de mama
    Lindo dia amiga
    beijokas
    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie... Quando engravidei do Guilherme meu objetivo era ter ele em hospital particular, já que tinhamos plano de saúde, meu marido perdeu o emprego e o plano,continuei a passar com o medico pois ele era muito bom mais em um hospital publico. apesar disso tudo tive o Gui e os outos quatros em hospital publico e não tenho muito do que reclamar.

    http://soumaedecinco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Que coisa! Aqui não paguei essa taxa e nem sabia dela. Mas acho um absurdo tremendo.

    Parabéns pelo post.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Adorei a dica, quando tiver um filho saberei como
    agir em relação a essa taxa. Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Tatty .. saudade de vir aqui ... tô de volta viu .. rs

    Menina ótimo post ... eu tive graças a deus os meus médicos no parto ... bjs

    Tem post novo .. passa lá! Beijinhosss...

    Roberta & Luma
    http://princesaluma.blogspot.com.br/
    http://motivosparaestareserfeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa que absurdo nunca tinha ouvido falar dessa tal taxa, credo vc tem que pagar novamente pq vc ja paga o plano de saude, para o bonito do obstetra te atender...fala sério!!!
    Justiça neles...

    ResponderExcluir
  13. Oi Tatty, amei sua visita!
    Bom, nunca passei por isso! Sempre esclareço todas as minhas dúvidas logo na primeira consulta.
    Meu obstetra foi o mesmo do começo ao fim. O plano do meu marido é muito bom graças a Deus.
    Três meses antes do meu bebê mais novo nascer ele conseguiu me colocar no plano sem carência, caso contrário era rede pública, Aff!!!!
    Linda noite!
    Com carinho

    Blog: Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não passei por essa experiência, mas acho que não teria a coragem de abrir mão da minha obstetra rs

    Se puder dá uma passadinha no meu e deixa um comentário?
    Meu mundo, Meu quarto

    ResponderExcluir
  15. Nossa, que loucura ne?
    Um comercio descarado.
    Graças a deus nao passei por isso...
    beijos
    Lele
    www.eueleeascriancas.com.br

    ResponderExcluir
  16. Amiga essa é uma longa briga...
    Acho um absurdo passarmos por esta situação, aqui tive sorte e apesar de ter sido cesárea de emergência tive o acompanhamento do meu GO e não paguei mais por isso, bjs

    ResponderExcluir
  17. Eu acho muito caro mas pra quem tem e pode pagar vale.
    Bjs!!

    Carlah Ventura
    Blog: Intensa Vida

    ResponderExcluir
  18. Esse assunto é muito polêmico.
    Eu graças a Deus por morar em Cidade Pequena não existe plantonistas no hospital do Plano de Saúde então quem é acionado na hora do porto é o seu obstetra mesmo.
    Inclusive ele dá todos os telefones para gente para que possamos ligar a qualquer momento.
    Então tudo correu bem.
    Bjks da Mãe Vaidosa

    ResponderExcluir
  19. Cada um é cada um.
    Não tenho do que me queixar dos meus filhos fui muito bem atendida e pelo SUS.
    Bju

    ResponderExcluir
  20. Não sabia disso. Meu parto foi realizado pelo obstetra que eu consultava antes mesmo de engravidar. Tive que fazer cesárea por causa da pressão alta, então foi tudo agendado. Mas não sei o que aconteceria se eu fosse ganhar de parto normal e ele estivesse de plantão em outro hospital que meu plano não cobre. Acho que muitos médicos convencem as mulheres a fazer cesarea por este motivo.

    ResponderExcluir
  21. qual hospital vc fez o seu parto aqui em BH?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana! Fiz meus dois partos no Hospital Vila da Serra em Nova Lima, bem próximo do Bh Shopping. É divisa com BH.
      Bjos

      Excluir
  22. Olá Tatty, com qual médico q vc fez o parto...bjooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Manu!
      Fiz meu segundo parto com a Dra. Daniele de Araujo Abreu Franklin
      MG | Belo Horizonte | Belvedere
      R Desembargador Jorge Fontana , 80 - Sala 803 - CEP: 30320-670
      (31) 3226-2595

      Excluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...