“Brutalidade máxima”: sobre a transmissão de valores

Olá amigas e amigos! 
Como vão vocês? Espero que estejam bem!

Hoje é o dia da nossa Coluna: Conversando com a Clínica Base,  com um texto para refletir da Psicóloga  da Clínica Base Paula Melgaço, com um assunto muito interessante, pois passar bons valores para nossos filhos, é importantíssimo, mas como passar esses valores? Tem alguma maneira correta? 
“Brutalidade máxima”, assim um pai tenta transmitir a seu filho uma mensagem de força perante à vida. Ao deixar a criança na escola todos os dias o pai diz: “Brutalidade máxima, filhão! Se cuida!” Esse pai com certeza está querendo que seu filho se torne uma pessoa violenta e agressiva, não é? Bom, aqui não é disso que se trata. Esse é apenas um pai, como tantos outros, que tenta passar para seu filho valores que são importantes para ele, sempre pensando em seu bom desenvolvimento, de forma que ele cresça e consiga enfrentar os desafio da vida, que muitas vezes podem ser difíceis.
Vivemos numa sociedade em que a difusão de valores se torna cada vez mais importante, pois as tradições e os padrões éticos são cada vez mais contraditórios e confusos. Contudo, para transmitir uma mensagem a uma criança é preciso ter cuidado com as palavras e expressões escolhidas.
O exemplo em questão nos mostra que o pai quer passar para seu filho a importância de ser forte e lutar para vencer na vida. No entanto, a mensagem torna-se incerta e confusa, uma vez que cada pessoa tem um entendimento diferente do mundo, de forma que se eu digo algo com uma intenção não quer dizer, necessariamente, que você irá entende-la da forma como eu pensei. Assim, o filho toma a expressão, “brutalidade máxima”, somente no que concerne a sua vertente agressiva, e passa a bater nos colegas e a desrespeitar os professores de forma enérgica, bruta e hostil.
Os valores são fundamentais e irão nortear a vida e as escolhas de nossos filhos. Por isso, é preciso cuidar da forma como iremos transmiti-los para que sejam claros e bem definidos. 
Para conhecer mais a Clinica Base e seus profissionais e/ou projetos, entre em contato:
Site: AQUI
Blog: AQUI
Fan Page: AQUI
Cá Entre Nós: AQUI

Deixe sua opinião e suas experiências em relação a transmissão de valores!
Espero que tenham gostado!

29 comentários:

  1. Bom post realmente além de transmitir os valores, temos que pensar como transmitir.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Desirée!
      Que bom que você gostou do texto!!! Pensar em como transmitir os valores para nossos filhos é fundamental.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
    2. Boa tarde Desirée!
      Que bom que você gostou do texto!!! Pensar em como transmitir os valores para nossos filhos é fundamental.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
    3. Boa tarde Desirée!
      Que bom que você gostou do texto!!! Pensar em como transmitir os valores para nossos filhos é fundamental.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  2. infelizmente tem pais assim
    que invés de incentiva a paz e o amor incentiva a brutalidade
    e pior isso tá cada dia mais frequente
    Linda Tarde
    beijokas da Nanda

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Nanda!
      Muitas vezes, mesmo pais que não querem incentivar a brutalidade, acabam se enrolando na transmissão da mensagem para o filho. Por isso a importância de cuidarmos daquilo que dizemos e expressamos para as crianças.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  3. Olá, o seu blog é esplêndido. Parabéns.
    Passarei por aqui sempre. Seguindo e curtindo.

    Quando puder faz uma visitinha lá no Jeito de Ser Você. Espero que goste.

    Ótima semana
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Gisele

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  4. Bem interessante e importante. Adorei seu post.
    Bjus

    Geri Ferreira
    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Gerri
      Que bom que você gostou do texto!!!

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  5. Ótimo post amiga, adorei!
    Realmente nós pais temos que refletir o que está sendo passado para os nossos filhos e a forma que eles entendem..

    Bjos enormes
    http://amaedadrii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Iasmin
      Que bom que você gostou do post!! De fato esta é uma reflexão fundamental.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  6. Ótimo post. Precisamos sempre ofertecer bons exemplos. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Jamily!
      Que bom que você gostou do texto!!!

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  7. Nossa...muito importante mesmo
    O saber como falar pode prejudicar mesmo nossos filhos
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Leteia!
      Escolher as palavras para transmitir uma mensagem é de fato essencial!!!

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  8. Eu e o papai da Lara pensávamos na gravidez: vamos ter tanto a ensinar.... e, hoje, nossa grande questão é sempre COMO ensinar. Adorei o post. bjus Coisas da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde !
      Como ensinar é um ponto fundamental !!!! Todos temos muito o que ensinar a nossos filhos e cada família pode criar um jeito de fazê-lo!!!!

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  9. Bem interessante.
    Bjus

    Geri Ferreira
    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Gerri!
      Que bom que você gostou do texto!!!
      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  10. É verdade além de querer passar os ensinamentos tem que saber como passar, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Cris!
      Os ensinamentos passados para nossos filhos são preciosos. Por isso, temos que cuidar do modo como fazemos essa transmissão.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  11. Acho que devemos ter todo cuidado nos valores que queremos passar e como vamos passar.
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Shairane!
      Concordo com você, devemos ter cuidado para transmitir valores para nossos filhos.

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  12. São conceitos que devem ser revistos.
    bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Toninha!

      Obrigada pela participação.
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  13. Adorei seu post,as vezes erramos ao ditar algum ensinamento aos nossos filhos,sem a maturidade necessária eles acabam interpretando mal,e agindo de forma errada ao que ensinamos.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Simeia!
      Que bom que gostou do post.
      Obrigada por compartilhar sua opinião conosco!
      Abraços,
      Paula Melgaço, Psicóloga da Clínica Base
      www.clinicabase.com

      Excluir
  14. Ótimo post. Estamos precisando mesmo arrumar tempo pra transmitir valores para as crianças...e fico muito feliz quando vejo colegas de profissão na blogosfera!!
    Beijo
    Letícia
    www.leticiapsicologa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...