O que meu filho vai ser? (O que ele já é?)

Olá amigas e amigos! 
Como vão vocês? Espero que estejam bem!

Hoje é o dia da nossa Coluna: Conversando com a Clínica Base,  com um texto para refletir da Pedagoga  da Clínica Base Luiza Pinheiro, sobre as nossas expectativas diante de nossos filhos. Será que criar essas expectativas ajudam ou atrapalham?
Desde o momento em que descobre estar grávida, a mãe começa a imaginar: como será o rostinho do meu bebê? Vai parecer mais com o papai, ou com a mamãe? Como será a personalidade dele? O que será que ele vai gostar de fazer? Dessas inferências iniciais surgem as expectativas. O que eu gostaria que meu bebê se tornasse?
Mães e pais sempre desejam para os filhos aquilo que consideram ser o melhor. E muitas vezes têm expectativas altas com relação ao futuro dos pequenos: meu filho - ou minha filha - será médico, engenheiro, advogado, professor, jogador de futebol, vai passar em um concurso público, vai ser artista, chef de cozinha, dono do próprio negócio, etc, etc, etc. No fundo, tudo isso tem apenas um sentido: quero que meu filho seja feliz!
Acontece, que nem sempre o que nós desejamos para os filhos corresponde ao caminho que eles querem seguir. Cada pessoa tem habilidades diferentes das outras, que acabam definindo o caminho que ela irá traçar. Se sou boa em alguma atividade, provavelmente vou querer fazer alguma coisa relacionada com aquilo o resto da vida, pois é assim que me realizo, é nessa atividade que me destaco.
Na primeira infância é muito importante dar espaço para os pequenos descobrirem suas preferências e suas habilidades de forma natural. O que acontece hoje é que o excesso de estímulos vindos da família e da escola passa por cima das aptidões naturais da criança de forma que ela é levada a um caminho de escolhas que não é necessariamente o que ela tomaria se pudesse de fato escolher. Ela tem que ser boa em tudo, aprender a ler com 3 anos, ser educada e ouvir os adultos, ser fisicamente ativa, e competente em todas as suas atividades.
A questão então, é: como respeitar o tempo, as preferências e as habilidades de cada criança em um mundo que cobra perfeição? E o que será que essa estimulação excessiva está causando aos pequenos, benefícios ou prejuízos? Esses são pontos sobre os quais precisamos pensar.... 
Para conhecer mais a Clinica Base e seus profissionais e/ou projetos, entre em contato:
Site: AQUI
Blog: AQUI
Fan Page: AQUI
Cá Entre Nós: AQUI

Como lidam com as suas expectativa diante dos filhos?
Espero que tenham gostado!

22 comentários:

  1. Ponto interessante para se pensar

    Boa páscoa

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Desirée!!!
      Obrigada pela participação!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  2. Eu respeito muito o que Davi querer ser...
    É o futuro dele, e ele precisa fazer o que ama para ser feliz...
    Não adianta querer impor!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaella!!!
      É isso aí! Acompanhar o ritmo e as preferências dos pequenos é sempre uma grande demonstração de respeito por eles!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  3. excelente seu post.
    Bjus

    Encanto de Menina
    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gerri!!!
      Fico feliz que tenha gostado! Essa é uma reflexão importante hoje!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  4. Amei o post.
    Aqui em casa , tenho dois meninos , o meu mais velho de seis anos tem uma ligação muito forte com carros , ele entende marcas , modelos e até peças . Sobre o que ele pretende ser quando crescer , ainda não conversamos , deixo livre.
    Lindona , tá rolando sorteio lá no meu cantinho e você está mega convidada.
    Bjs!!!
    pordosolblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!!!
      Muito legal você observar, identificar, e respeitar as preferências e habilidades dos seus filhos! Obrigada pela participação!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  5. Que demais! Amei o Post ... pensando no assunto .. muito interessante!

    Roberta & Luma
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta!!!
      Fico muito feliz que você tenha gostado! Esse é um assunto importante de pensarmos no mundo de hoje que traz tantas cobranças para as crianças desde muito pequenas.
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  6. Ótimo poster, muito bom mesmo
    sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda!!!
      Fico muito feliz que você tenha gostado!!!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  7. muito bom amiga realmente temos que respeitar
    o tempo dos nossos pequenos
    sem muitas cobranças

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda!!!
      Muito legal seu comentário! Obrigada pela participação!!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  8. Adorei o post e o assunto que vc abordou, mas eu nem pensei ainda no assunto o Rafinha só tem 1 aninho!
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Shairane!!!
    Fico feliz que tenha gostado! É importante, mesmo, deixar cada coisa ao seu tempo.
    Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
    Atenciosamente,
    Luiza Pinheiro
    luiza@clinicabase.com

    ResponderExcluir
  10. Aqui percebo escancaradamente a preferência do Joseph por música... eu fico espantada até, não sei se no futuro será um músico, mas que seja o que quiser, no tempo dele, sem forçar, adorei a abordagem, bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Cris!!!
    Legal você já observar as preferências do Joseph! Respeitar as escolhas da criança é muito importante!
    Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
    Atenciosamente,
    Luiza Pinheiro
    luiza@clinicabase.com

    ResponderExcluir
  12. criar uma expectativa em cima de alguma coisa ou alguém se torna frustante.
    o certo é aceitar as escolhas que cada um faz.
    bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Toninha!!!
      É isso aí! Criar expectativas demais pode ser ruim para os pequenos. Observá-los, perceber suas preferências e apoiá-los é o melhor que podemos fazer!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir
  13. Amei o texto.
    Aqui a preferência é por dança e futebol. Sempre presente no dia a dia dele. E tento ao maximo deixar ele livre para que possa escolher.
    Mas claro tudo no seu tempo, e será aquilo que quiser. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviane!!!
      Fico feliz que você tenha gostado do texto!! Muito legal você observar o Isaac e respeitar as escolhas dele, isso é importantíssimo para que ele se sinta seguro e amado!
      Se tiver interesse em ler mais alguns textos que a equipe da Clínica Base tem escrito, acesse nosso site: www.clinicabase.com
      Atenciosamente,
      Luiza Pinheiro
      luiza@clinicabase.com

      Excluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...