Filhos- Ter ou NÃO ter! Uma questão de escolha.

Olá Pessoal! 

Tudo bem com vocês? Espero que sim! 

Hoje trago um texto para refletir, sobre TER ou NÃO TER filhos. Cada dia mais, homens e mulheres estão optando a não ter filhos, por N motivos. Mas o que leva cada pessoa ter ou não ter filhos???

A escolha de ter ou não filhos não é igual para todos. Algumas pessoas optam por ter muitos, outros apenas um, assim como alguns optam por nenhum. Existem pessoas que não conseguem tê-los por motivos diversos. Enfim, cada caso é um caso – como diz a velha frase popular. Mas afinal, por que temos filhos?

Há algum tempo atrás assisti a um drama policial, em uma determinada cena, dois homens conversavam sobre filhos. Um deles disse: “Não tive filhos e penso que é melhor não ter tido a ter que perdê-los”. O outro, que teve a filha morta disse: “Não penso assim, pois para mim valeu a pena cada minuto da minha vida com ela”. A frase me levou a pensar sobre o tema aqui escrito.

Outro dia em um aniversário infantil, encontrei uma pessoa conhecida que é mãe de dois filhos. Espontânea e sorridentemente ela me perguntou quando eu teria o meu segundo filho, pois um só era ruim. Perguntei à ela por que era ruim. Ela me disse: “É que quando ficamos velhos, temos dois filhos para cuidar da gente, as responsabilidades são divididas”. Bem, a resposta dela faz sentido, mas não é porque faz sentido que tem que estar correta. Filhos não são aplicações financeiras que rendem a longo prazo para termos recursos e tranquilidade no futuro. Ter filhos é muito mais do que pensar em nós mesmos, é pensar acima de tudo neles, no mundo e no nosso planeta. A frase a seguir tem um significado muito profundo: “Todo mundo ‘pensando’ em deixar um planeta melhor para nossos filhos… Quando é que ‘pensarão’ em deixar filhos melhores para o nosso planeta?”. (Pergunta vencedora em um Congresso sobre Vida Sustentável).

Os argumentos sobre ter ou não filhos são diversos. Uns não querem ter filhos porque acreditam que eles dão trabalho, tiram a quietude, bagunçam tudo, dão despesas, etc. Outros querem ter porque anseiam por companhia, têm medo de ficar sozinho no futuro, porque a sociedade cobra, porque os prováveis futuros avós querem netos. Bem, independente dos motivos ou desejos, uma coisa para mim é certa: Ter filhos é uma experiência única, inigualável. É uma sensação de que fizemos finalmente algo útil na nossa vida. Mas, a experiência positiva não pára por aí. Vê-los crescer, se desenvolver, tornando-se a cada dia um ser maravilhoso, com personalidade, idéias, com ânsia de viver, explorar, criar, inovar, renovar e preservar. Isso é absolutamente espetacular!

Os filhos trazem de volta para nós o que podemos ter esquecido: Que viver vale a pena! Que a vida tem esperança. Que ela se renova. Que precisamos acreditar em algo ou em alguma coisa. Que além de nós mesmos existe a relação com o outro. Que precisamos nos tornar pessoas melhores e fazermos algo de bom pelo nosso planeta e pelas pessoas que nele vivem, pois afinal de contas, queremos dar e deixar o melhor à eles antes de partirmos.

É muito comum escutar a frase: “Todo mundo tem que ter um filho, escrever um livro e plantar uma árvore”. Ter filhos virou uma das “obrigações” do ser humano. Penso que não tem que ser uma obrigação ou uma necessidade, precisa ser uma escolha, um desejo de compartilhar com alguém algo de bom nesse mundo, precisa ter uma enorme vontade de doação e de viver o amor incondicional.

Ter filhos é uma escolha, e a partir do momento em que você optar pelo sim, o faça da melhor maneira possível, pois você estará se tornando pai/mãe e, esta é a mais séria e honrada posição na vida de um ser humano.

Eu escolhi ser MÃE, e posso dizer que foi a melhor decisão que tomei em minha vida, pois nunca senti um sentimento tão puro, forte, verdadeiro e incondicional. Heitor é a melhor parte de mim! 

E vocês o que acham???
Até mais! 

18 comentários:

  1. ter filhos tem que ser uma escolha bem pensada
    e não uma obrigação,
    eu escolhi duas filhas e sou
    muito feliz.

    Nanda
    beijokas
    Lindo Dia
    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  2. Olá Taty!

    Tenho amigas que optaram por não ter filhos e eu acho legal da parte delas. Afinal elas assumiram que não nasceram pra isso e com ctz não farão parte desse grupo de mães negligentes que existem hoje.

    Eu tbm optei por ser mãe e sou feliz com a minha escolha!

    ResponderExcluir
  3. Olá Tatty, adorei seu tema de hoje.
    Eu escolhi ter filhos (só tenho 1 por enquanto), mas convivo com muitas pessoas que optaram por não ter e outras que adiaram tanto o processo, que agora já não conseguem mais.
    Acho que vai muito da formação da pessoa e das perspectivas que ela tem de sua vida.
    Eu acho importante, porque eu vejo o amor que tenho pelo meu filho e sem ele eu não seria nada. Não me arrependo em momento nenhum e se pudesse seria propaganda de "tenha filhos" kkk
    Beijocas
    http://aprendendoaserumamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Meus filhos são presentes de Deus, não planejados e muito amados. Acho que nem sempre é opção sendo que tem muitas que optam por ser mães e com condições financeiras e a natureza não ajuda. Ter filhos nem sempre significa não ser solitário na velhice, sendo que muitos filhos depois de casados esquecem de seus pais. Ser mãe e pai não é só uma realização de um sonho, mais também uma contribuição de poder fazer alguém feliz.
    Amei o texto
    Bjs
    Sou mãe de cinco

    ResponderExcluir
  5. Oi Tatty, que texto maravilhoso e emocionante.
    Verdade, filhos em alguns casos virou uma obrigação, sem se querem perceber da tamanha responsabilidade que temos e devemos ao novo ser...
    Eu amo ser mãe, com certeza foi a minha maior realização como ser humana, pois nos reduzimos a nada em alguns momentos, para fazer nossos filhos felizes... Amo ser mãe, assumi essa responsabilidade de amor e carinho e penso exatamente como vc disse: "penso em deixar filhos melhores para o nosso planeta". Sou uma pessoa melhor depois da gravidez...cresci, amadureci... Sou feliz, completa e penso em ter mais 1 ou 2 filhos... Pois essa sim e' uma semente do bem, que penso em cuidar e criar para m futuro feliz...
    Amei seu texto.
    Bjs
    Ju

    ResponderExcluir
  6. Eu demorei anos até decidir a hora certa pra ter filho, e nesse meio tempo ficava um tanto frustada quando acontecia situações em que as pessoas meio que me obrigavam a ter filho, hoje eu entendo! Porque ter meu filho foi a melhor coisa, mas continuo respeitando muito a decisão de que não tem. E quanto a ter mais de um filho, eu penso que é bom ter irmãos, eu gosto de ter meus irmãos... Mas, por todo o resto eu teria apenas o Rafa.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tatty, por aqui tudo certinho!
    Adorei o texto, acho bastante importante cada um fazer a escolha que julga certe, pois não adianta ter 10 filhos porque todo mundo acha isso o certo e não cuidar bem de nenhum, ou não ter filhos porque todo mundo diz que você tem que viver pra você ou porque o parceiro não quer e depois viver se remoendo por dentro. Eu escolhi ser mãe, quando me perguntavam na escola o que você quer ser quando crescer minha resposta era sempre "ser mãe", até hoje fui privilegiada com duas princesas, uma infelizmente foi para o céu, mas a Lara que tenho comigo é a rainha da minha vida e não trocaria 1 dia de vida com ela por mil de baladas e qualquer outra coisa!
    Beijokas

    ResponderExcluir
  8. Realmente são escolhas, eu optei por ser mãe e foi a melhor decisão da minha vida...só me arrependo de ter esperado tanto rsrsrs :)

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o post, ser mãe foi minha decisão , meu marido morria de medo de ter, mas resistiu kk Bjus

    ResponderExcluir
  10. Eu amo. Foi muito sonhado e desejado. Hoje só tenho um, mas penso em ter mais um. Mas respeito a opinião de ter, ou não ter, cada um sabe de si. E ter um filho é um caso muito para se pensar, com o que queremos que eles vivam. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  11. Otimo, poster, As escolhas são muito importantes.

    bjos

    ResponderExcluir
  12. Amei seu post, vi sobre esse tema hoje no Casos de Família, um programa que gosto muito e que passa todos os dias no SBT.Uma mãe fazia filhos e achava que a filha mais velha tinha a obrigação de ajudá-la a criá-los e a outra fez 11 filhos e deu 8 e ficou com 2, 2 filhos que a filha mais velha e casada olha porque a mãe vive na gandaia.Isso me fez refletir porque cargas d´agua essas mães resolveram ter filhos, gente fiquei indignada, tive meu primeiro filho que foi planejado e que ajudou muito eu e meu marido a enfrentarmos os problemas financeiros e de moradia em que viviamos,enfrentamos tudo por ele, e agora papai do céu me deu a benção de também ser mamãe de uma princesa que no final de ano fará 3 anos e que também no final do ano fará 3 anos que estou em casa sem trabalhar e estudar pra cuidar deles, porque na minha concepção penso assim:"A pessoa antes de engravidar tem que pensar em tudo, na vida que terá que parar um pouco e que nada dali pra frente será igual quando ela não tinha filhos".Filhos são uma dádiva de Deus,não me arrependo hora nenhuma de ter sido mãe de dois amigos maravilhosos que terei pela minha vida inteira.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Escolher ter filhos é amor de mãe
    Temos que pedir a Deus que eles andem em um bom caminho
    E cuide de nós
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Belo post amiga .. eu sempre quis ter filhos .. mas minha cunhada nunca quis e nem quer .. diz ela que não quer dividir o tempo pra outra pessoa ... achei tão egoísta isso .. porém de certa forma é melhor isso do que ter e trata-los de qq jeito ou deixa-los soltos e sem atenção ... Eu tive consciente, planejei, fiz o tratamento e hoje tenho minha princesa ..teria outro sim .. mas agora só se for adotado .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  15. É uma decisão muito dificil e conplicada, penso em ter outro mais em pensar em passar tudo de novo desanima kk bjus

    ResponderExcluir
  16. rsrsrsr, depois de sermos mães não temos mais escolha, rs
    Um filho não tem troca nem devolução!
    Mas precisa sim ser bem pensado!!!!!!

    ResponderExcluir
  17. Adorei o texto e eu optei por ter. Com 15 anos! Dizem que é um absurdo na minha idade já querer um filho, mas que eu acho um absurdo é aquela que diz: "Vou engravidar pra segurar o namorado" ou "Vou engravidar pra sair de casa" ou até "Quis engravidar mas agora não quero o filho". Sabe eu acho que pra ser mãe, tem que ser escolha mesmo porque tem muita mulher por ai que não ta preparada pra isso, e é bem melhor não ter pra não fazer a criança sofrer. Deus devia dar o dom de ser mãe só pra quem quer e merece.

    ResponderExcluir
  18. Eu acho que de ser planejado tem que ser muito amado.
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...