11 Dicas para escolher um bom obstetra

Olá mamães! Tudo bem? Espero que sim! :)
Hoje o papo é com as futuras mamães. Está pensando em ficar grávida ou é uma tentante? Então este post é para você!!!
Quando fiquei grávida, a minha primeira preocupação foi escolher o melhor obstetra para meu filho. Pois é o obstetra que acompanha toda a gestação até o nascimento do bebê. Essa escolha parece ser simples, mas para mim e muitas mães gera várias dúvidas, insatisfação, então é bem complicado tal escolha. E com minha experiência de duas gestação, resolvi escrever este post. Então venha comigo e vamos escolher o melhor obstetra, que lhe dará todo o apoio ao longo dos próximos 9 meses.

1. Nem todo ginecologista é obstetra:
Na minha primeira gestação, consultava com uma ginecologista, mas ela não era obstetra, por tanto tive que procurar um médico obstetra. A obstetrícia é uma especialidade médica direcionada para o acompanhamento da gravidez e do parto. Já o ginecologista dedica-se normalmente apenas ao tratamento de doenças do sistema reprodutor feminino Então pergunte ao seu médico, se realmente ele tem essa especialização. 

2. Siga boas indicações:
Procure indicação com familiares, amigas até mesmo conhecidas que já tiveram filhos, essas são as melhores referência para indicar um bom especialista. Foi assim que encontrei os obstetras (profissionais diferentes) nas minhas gestações. 

3. Referência é TUDO: 
Certifique-se de que o profissional é registrado no Conselho Regional de Medicina se fez residência médica e descubra se possui título de especialista fornecido pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Busque informações também sobre sua formação acadêmica e seu vínculo com hospitais e universidades. (Osanto GOOGLE, pode ajudar!). Quando estiver na sala de espera, antes da consulta com o obstetra, tente conversar com as outras grávidas que são pacientes de mesmo médico. Assim, será possível obter informações sobre as características e as qualidades do obstetra.

4. Primeira impressão é que fica:
Confiança e a empatia são pré-requisitos básicos na definição do médico. É fundamental que você se sinta acolhida e segura com ele, isso logo na primeira consulta. Vocês passarão vários meses juntos e que ele será responsável por um dos momentos mais felizes e delicados da sua vida. Logo, você deve ter o mínimo de simpatia por ele.

5. Homem ou mulher?
Tanto faz. Nem se preocupe com isso. O importante é que você se sinta bem.

6. Tem disponibilidade?
Durante a gestação pode ocorrer muitas situações e intercorrência, e você tem que saber se o médico estará a sua disposição.Ele deve deixar todos os seus números de telefone. Veja também o tempo de atendimento de cada consulta. 

7. Conheça toda a equipe:
O obstetra tem uma equipe. Peça para conhecer todos os integrantes para saber quem vai estar ao seu lado no dia do nascimento do bebê. Outra boa medida é definir e visitar o hospital onde será o parto. 

8. Pense em um substituto(a):
Nem sempre o obstetra pode atender a uma gestante prontamente. Nessa hora, um substituto de confiança é imprescindível. Afinal, existe a possibilidade de ele fazer seu parto diante de um imprevisto. Não segui essa dica e me arrependi em alguns momentos!

9. Temos a mesma sintonia? 
Tem gestante que quer fazer parto normal, outras querem cesária. Conheça que tipo de grávida você é e verifique de que seu obstetra compartilhe de suas expectativas em relação ao pré-natal e ao parto.

10. Não tenha medo ou vergonha de perguntar:
Não deixe perguntas sem respostas. Muitas vezes, você pode ficar com uma impressão errada de algo e desistir do médico por causa de um mal-entendido.

11. Caso necessário, troque de médico.
Você precisa estar segura em relação ao médico que fará seu parto. Se não há confiança, sintonia e empatia entre gestante é médica, melhor a troca mais rápida possível.


LEIA TAMBÉM:
- O primeiro Filho - Medos e Inseguranças: AQUI
- Dica para gestante: Carta de um Recém-Nascido para suas visitas.: AQUI
- Dicas de como evitar acidentes com recém-nascidos em casa: AQUI
- A importância do curso de gestante: AQUI
- Prevenindo a morte súbita: AQUI
- 50 Conselhos para Mães de Primeira Viagem: AQUI
Acompanhe o Blog nas redes sociais e fique por dentro de TUDO! 

1 comentários:

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...