Tentei ser uma mãe perfeita, mas aprendi que sou uma mãe real

Quando estava grávida do Heitor, lembro-me de sonhar com uma mãe perfeita, aquela das novelas, uma mulher que seria mãe, esposa, dona de casa e faria tudo maravilhosamente bem. Imaginava que conseguiria ser aquela mãe zelosa dos livros e artigos da internet, que seria forte em todos os momentos, não gritaria, não choraria, muito menos que me sentira cansada e exausta. Que a maternidade a todo momento seria um poço de grande alegria e realização. 
Foto: Leonardo Pedone Fotografia
Sonhava que seria perfeito, que eu seria perfeita, sempre pronta e atenta, 24 horas por dia, tomando conta do meu pequeno bebê, nos meus sonhos, essa era uma mãe perfeita, aquela que dá conta de tudo sozinha, não se cansa, está sempre feliz pela dádiva da maternidade.

E logo no principio, percebi que meu sonho não era realidade, que as mães impecáveis de novela não existe. Que a maternidade na vida real é bem diferente, que amamos sim, nosso bebê, lutamos e protegemos contra tudo e todos, mas que também somos reais, mulheres simples, que necessita de ajuda, de carinho e amor, principalmente erramos, mas sempre buscamos acertar e fazer escolhas que achamos que serão as melhores para os filhos. 

E por muito tempo me culpei, por não ser a mãe perfeita que a sociedade nos impõe, muitas vezes chorei por não saber o que fazer, muitas vezes não pedia ajuda, por orgulho, achando que era a mulher maravilha. Já tomei muita decisões e depois me arrependi, já agi por impulso, me senti exausta, cansada e fraca por diversas vezes, já chorei e quase enlouqueci. Porém amei incondicionalmente, já pedi perdão, já fui forte por ter um bebê que precisava de mim, e sem saber, usei meu instinto materno e acertei. Descobri que a maternidade não são só flores, também tem espinhos e se hoje pudesse dar um conselho as mamães que estão iniciando essa jornada, ''não tente ser a mãe perfeita, ela não existe, não somos essas mães e nem devemos ser, nós somos reais, seres humanos em plena construção, erramos como pessoas, erramos também como mães. Viva a sua maternidade de forma simples e linda, sem culpa e julgamentos, Não tente ser perfeita para você e tão pouco para os outros e muito menos para a sociedade, só você sabe o que é melhor para seu filho.

Hoje sou uma mãe real com muito orgulho! Parabéns a todas mulheres perfeitas, que conseguem tal perfeição, mas eu não consigo! Eu choro, eu descabelo, eu tenho dúvidas, eu canso, fico triste e chateada, porém nisso tudo a maternidade me completa, me alegra, me revigora para a vida, é com toda a certeza e melhor escolha da minha vida e vivo de forma intensa, mas sem perfeição e sim com todas as realidades quem tem. Enfim, curta a  sua maternidade sem perfeição! 
Grande abraço! 

LEIA TAMBÉM:
- {Ser mãe} Sentimento de amor e dor: AQUI
- 10 erros mais comuns que mães de primeira viagem cometem: AQUI
- Dica para gestante: Carta de um Recém-Nascido para suas visitas.: AQUI
- Vai ser PAI? E agora? 14 dicas que precisa saber!: AQUI
- 50 Conselhos para Mães de Primeira Viagem: AQUI

3 comentários:

  1. oi taty moro recentemente em florianopolis tenho 23anos e ultimamente penso muito em ser mae meu marido tambem quer mais como sou ainda um pouco jovem tenho muitas duvidas e um pouco de medo.eu e meu marido temos uma diferença de idade de 25 anos mais acredito que isso nao iria atrapalhar ele ja tem outro filho porem um bebe iria mudar nossa vida para melhor. agora so falta coragem. gostaria de saber sua opiniao obrigada

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu post Tatty!
    Também achava que seria assim comigo, que eu seria sempre muito calma e serena e que durante 24 horas conseguiria manter o equilíbrio e que nunca gritaria ou entraria em desespero. Mas, também descobri que essa mãe perfeitinha não existe definitivamente e que sempre que eu não estiver me sentindo bem, posso pedir ajuda. Não preciso enfrentar tudo sozinha o tempo todo, não preciso ser forte o tempo todo porque isso é realmente impossível, ninguém consegue tal proeza :)
    Hoje são mais real também e sempre peço desculpas quando necessário :)
    Um Feliz Dia das Mães pra você!
    Beijinhos!
    https://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tati perfeito o post, também sou essa mãe real, que sorri mais chora, que está bem mais precisa tbm de carinho, atenção e cuidados ...

    Amei o post
    Bjs Mi Gobbato - Espaço das Mamães

    ResponderExcluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...