3 dicas importantíssimas para escolher um bom pediatra

Olá mamãe ou futura mamãe! Tudo bem com você? Espero que esteja bem!
Escolher o médico que irá cuidar do bem mais precioso das nossas vidas, nossos filhos, não é fácil! (Contei minha saga AQUI, não leu? Leia!) Ainda mais quando não temos referência de membros da família e de amigos. Aí complica! Sem contar que muitas vezes não sabemos nem o momento certo de realizar tal procura. É antes ou depois do bebê nascer? O que deve observar? Quais cuidados devo ter? Bem, passei por essas perguntas e outras e por isso decidi escrever este post com 3 dicas para escolher um bom (ótimo) pediatra para seu filho.Venha comigo e terá dicas valiosas, de uma mãe que errou muito e não quer que você também erre. 

3 dicas importantíssimas para escolher um bom pediatra

1- QUAL É O MOMENTO CERTO DE BUSCAR UM PEDIATRA? 

Sem sobra de dúvidas, na GESTAÇÃO, logo após a emoção de saber que está grávida, você corre atrás de um bom obstetra, depois corra atrás de um bom pediatra. O segundo trimestre da gestação é um bom momento para que você comece a procurar, já que nesta época a gestante está sofrendo menos com os sintomas iniciais da gravidez, como tontura, sono e enjôos. E também não está indisposta com o aumento do volume da barriga, ou até em repouso como acontecem nas gestações de alto risco.

Esse foi meu grande erro, procurei pediatra depois do nascimento, ai fica muito mais difícil, o bebê precisa de atendimento rápido após deixar a maternidade, então tem muito pouco tempo de analisar o profissional.Além disso, o pediatra tem papel bastante importante na gestação. É o profissional que irá tirar todas as dúvidas dos pais de primeira viagem. Desde a forma que irá preparar o quartinho até à escolha de alguns produtos infantis. O pediatra pode, inclusive, estar na sala de parto junto com os pais e outros médicos e fazer o primeiro atendimento logo após o nascimento do seu bebê.

2- O QUE É MAIS IMPORTANTE NA HORA DE ESCOLHER O PROFISSIONAL QUE VAI CUIDAR DO SEU FILHO?
É importante escolher um profissional atualizado, ao meu ver, nem novo e nem velho (rsrsr), com quem os pais criaram um bom vínculo e principalmente muita confiança (e daí a importância de conhecê-lo antes do nascimento do bebê), cuja linha de conduta seja compatível ao da família. Pais e médico devem pensar na mesma linha, combinar opiniões. É necessário que os pais se identifique com a forma de trabalho do pediatra. 

Outro ponto importantíssimo para mim, é o carinho, cuidado e paciência do pediatra com a criança, Pediatra tem que gostar de criança! Se não gosta, não tem paciência ou nojo de coco e xixi,  tem que procurar outra profissão. Outra ponto, pediatra tem que examinar, tocar, sentir, conversar com a criança (até com os bebes,), deixá-la o mais a vontade possível.  Tem pediatra que acha que é máquina, analisa de longe! 
3 dicas importantíssimas para escolher um bom pediatra
Vale a pena também verificar a disponibilidade do médico em atendê-lo no consultório em situações de urgência, além de saber se o pediatra disponibiliza formas de contato para dúvidas que surgem no dia-a-dia (whatsapp, telefone, email), porque essas dúvidas vão surgir e muitas vezes não terá tempo de aguardar até a próxima consulta.

Um fator relevante é a distância do consultório até a casa dos pais. Nas grandes capitais, deslocamentos em distâncias maiores exigem bastante tempo, o que pode não ser interessante com bebês pequenos. No meu caso não teve jeito, tive que me deslocar para um consultório mais distante. Pois prefiro olhar a qualidade do profissional do que a distancia. 


3- O QUE DEVO OBSERVAR NA HORA DE ESCOLHER UM BOM PEDIATRA.
- Todos os itens acima;
- Ele atende em hospitais. É essencial saber se é possível contar com o médico de confiança em situações de urgência.
- A agenda dele coincide com a sua. Cheque em quais dias da semana ele atende no consultório, e pergunte sobre o atendimento nos fins de semana.
- Ele responde perguntas por outros meios de comunicação. Importante saber sua forma de comunicação com ele, como WhatsApp, mensagens de texto e ligações telefônicas
- Você e ele têm opiniões em comum sobre amamentação, circuncisão, imunização, medicina alternativa. A conduta compatível com a da família é muito importante. Não adianta uma família que segue a homeopatia passar com um pediatra muito bem recomendado, mas que não acredita na homeopatia.

Enfim conheça o pediatra, use seu instinto de mãe, converse, pergunte, não tenha medo ou vergonha, crie vínculo e laços, ele ser muito importante na vida do seu filho , mas principalmente na sua vida, pois em momentos difíceis será com ele que terá contar e confiar. 

E se caso errar assim como eu, não exite em procurar outros pediatras, importante que você e seu bebê se sinta seguros e amados por um profissional de qualidade.

LEIA TAMBÉM:
- O primeiro Filho - Medos e Inseguranças: AQUI
- Dica para gestante: Carta de um Recém-Nascido para suas visitas.: AQUI
- Dicas de como evitar acidentes com recém-nascidos em casa: AQUI
- A importância do curso de gestante: AQUI
- Prevenindo a morte súbita: AQUI
- 50 Conselhos para Mães de Primeira Viagem: AQUI
Acompanhe o Blog nas redes sociais e fique por dentro de TUDO! 

0 comentários:

Postar um comentário

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...