Existe vida após o limbo: como resgatar sua autoconfiança profissional

Olá querida mãe, mulher e empreendedora. Como está?
Como você e eu sabemos muito bem, ser mulher não é das tarefas mais fáceis. Além de termos que conviver com a pressão de cumprir com louvores os diversos os papéis sociais, precisamos também lidar em algum momento da vida com a dura decisão de sermos mães ou profissionais
Existe vida após o limbo: como resgatar sua autoconfiança profissional.
Essa é a realidade de milhões de mulheres espalhadas pelo mundo, em especial aquelas que trabalham em regime CLT, que devido a uma alta jornada de trabalho, perdem muitos momentos ao lado dos filhos e algumas nem mesmo conseguem efetivamente acompanhar sua criação por ter que trabalhar para sobreviver.

Diante desse impasse muitas abrem mão de suas carreiras para vivenciar a experiência da maternidade ou mesmo as tem interrompidas pelas empresas por não apresentarem mais condições de se dedicarem a horas extras, fazer viagens a trabalho etc. Dessa forma, passam a ser mães em tempo integral e isso representa uma fase muito linda, mas na mesma medida desafiadora. 

Ouço de inúmeras mulheres que vivenciaram essa experiência que nos primeiros momentos ser integralmente Mãe por si só já as preenchiam e completavam, contudo, com o passar do tempo aquilo que era suficiente vai se tornando em falta... Falta de ser mulher, de ser esposa, de ser profissional, de ser ela mesma. Existe assim a "perda da identidade", pois por algum tempo ela passou a ser conhecida como a "mãe do Lucas", a "mãe da Tamires", a "mãe do Felipe" e assim por diante. Surge então o desejo de ser se tornar também a "mãe do Lucas, da Tamires ou do Felipe" e não apenas

Nesse momento essa mulher e mãe pode se deparar com o que eu chamo de "Limbo Profissional", que é o período em que os questionamentos mais severos a respeito de sua competência e autoconfiança profissionais surgem. Pensamentos como: "Será que me lembro como faz o meu trabalho?", "Fiquei tanto tempo sem trabalhar que acho que nem consigo mais", "Depois de tanto tempo não sou boa mais pra voltar ao mercado de trabalho". Tais questionamentos se tornam frequentes e angustiantes.

As vezes é até feito um movimento como tentativa de se libertar disso... Currículos são enviados e algumas entrevistas de emprego são realizadas, mas a cada negativa novos medos são reforçados e a sensação de estar em areia movediça só aumenta - quanto mais se movimenta, maior a sensação de estar afundando, mergulhando ainda mais no limbo.

Em meio a isso, a ideia de empreender pode ser vista como a tábua de salvação. Só que os mesmos medos a respeito da competência profissional e não saber o que fazer, no que se é boa e qual é o melhor caminho, minam toda e qualquer perspectiva de voltar a se sentir uma profissional realizada e o eterno ciclo recomeça...

Se você se identificou com essa situação, a primeira coisa que tenho a lhe dizer é que não está só -existem milhares de mães que estão nessa mesma situação. Segundo, que é possível romper com esse ciclo e finalmente se livrar desse limbo. E terceiro... Que apesar de todos os medos e desafios que pode enfrentar, empreender é sim uma excelente oportunidade para encontrar a porta de saída dessa fase.

Quer saber como? Venha comigo... Vou lhe trazer ao longo de cada texto inúmeras dicas de como readquirir sua autoconfiança profissional e empreender com segurança. 

E a primeira dessas dicas pra quem quer iniciar um empreendimento e ainda está insegura do que fazer é...

Faça aquilo que lhe brilha os olhos, aquilo que lhe dá prazer. Afinal de contas, se você passou pelo Limbo Profissional já sofreu e se frustrou mais do que suficiente. Agora é sua chance de ganhar dinheiro fazendo aquilo que gosta. Imagina só? Além disso, a satisfação e o prazer pelo que realiza serão seus aliados para manter sua motivação frente aos desafios que empreender colocará em seu caminho. Mas não se assuste, os desafios serão importantes para o seu crescimento.
Existe vida após o limbo: como resgatar sua autoconfiança profissional.
Sendo assim, pense, pegue papel e caneta e faça uma lista de coisas que lhe daria prazer em trabalhar, na qual se vê atuando e que tenha haver com você. Responder as seguintes perguntas podem lhe ajudar a formular sua ideia de negócio:

O que você já fez ou vê as pessoas fazendo e que acha muito interessante?

Você se vê realizando essa atividade com prazer?

Quais são seus valores pessoais? 

O negócio que está pensando tem haver com esses valores?

O que efetivamente você gostaria de contribuir com o seu negócio para as pessoas ou a sociedade? Qual necessidade você deseja suprir?

Com sua lista em mãos avalie suas diversas opções, converse com pessoas de sua confiança, avalie o mercado e inove. Permita-se sair do limbo e aproveitar o que o mundo do empreendedorismo pode lhe oferecer.

E vamos juntas nesse caminho cheio de oportunidades.

Um grande abraço e até a próxima!
Eliene Oliveira
E-mail: contato@elieneoliveira.com

Venha participar dessa coluna conosco! Deixe sua dúvida, pergunta, sugestão, qual tema gostaria de ler aqui sobre empreendedorismo! 


Acompanhe o Blog nas redes sociais e fique por dentro de TUDO! 

0 comentários:

Postar um comentário

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...