Ser mãe é uma linda história de amor que vai durar para sempre

Os mais lindos contos de fada sempre começam com um “era uma vez” e terminam com um “foram felizes para sempre”, como se dali pra frente nada mais fosse possível. Mas, a história que vou te contar agora também vai começar como nos contos de fadas. A diferença é que os personagens já são felizes para sempre há muito tempo e vão continuar sendo, isso ainda muito, mas muito longe do fim.
Era uma vez uma jovem que há nove anos atrás resolveu mudar de cidade; mudar de emprego e de ritmo de vida em nome do Amor. Acontece que o que essa jovem não previa era que essa mudança seria bem mais radical do que ela imaginava. Afinal, um ano e três meses depois, essa moça já estava com um filho lindo nos braços.

E só pra você saber, essa moça sou eu! Eu que nunca tive um passarinho pra tratar e a única vida que dependia exclusivamente de mim era a minha. De repente ouvia tudo gritar dentro de mim. E a única coisa que eu sabia era perguntar como seria dali pra frente.

Confesso que entrei em pânico. Tinha medo e não sabia se eu ia dar conta. E eu dei! Nunca desisti de nenhum desafio, não seria agora que eu iria abrir mão do maior e melhor deles. Era o meu filho dependendo de mim. Passei por muitas fases nesses sete – quase oito – anos como mãe. Algumas fases foram muito boas, outras nem tanto, mas todas elas muito engrandecedoras.

Uma coisa é certa, ser mãe é um processo de autodesenvolvimento e autoconhecimento incrível. Mesmo depois de muita lágrimas e inúmeros risos, e um processo importante de Coaching, eu sigo me transformando todos os dias; cada vez mais eu me transformo no melhor de mim através dos olhos do meu Pedro. 

Para Amar você tem que se amar, cuidar de si mesma, se elogiar, se dar um prsente, fazer coisas que você gosta, se aceitar com suas qualidades e defeitos. Se o Pedro me entende, aceita meus defeitos, me ama como eu sou, porque motivos, então, eu não me aceitaria?

Nosso Amor Próprio quando está em desequilíbrio, todas as áreas da nossa vida também se desequilibram, inclusive a relação com nossos filhos.

Sem Amor Próprio você não acessa seu Poder Pessoal que é o que te dá força e coragem para seguir, mesmo com todas as adversidades.

Ser mãe é maravilhoso, é divino! Aprendemos todos os dias sobre o Amor, sobre perdão, sobre compreensão, sobre saber ouvir e como se comunicar de maneira assertiva. Ser mãe é um dom, é sublime, é lindo! 

Eu tenho aprendido que ser mãe é mesmo desafiador, mas com o Amor, o Amor verdadeiro, genuíno, o mesmo Amor que você sente por você mesma, você vence todas as dificuldades com alegria e realização! Esse é o nosso grande desafio. Não perder de vista nosso Amor próprio a cada amanhecer. 

Com o meu Pedro e tudo o que eu aprendo com ele, o meu “viveram felizes para sempre” recomeça todos os dias. E é isso que desejo a todas as mulheres mães, neste mês dedicado a nós. Equilibrem seu Amor Próprio e vivam felizes para sempre!

Com Amor e Gratidão sempre!!!!

LEIA TAMBÉM:
Conecte-se com seu Amor Próprio e desperte seu Poder Pessoal: AQUI
Maternidade e Vida Profissional: Como conciliar? AQUI
Você tem sido grata pelas coisas que acontecem com você? AQUI

1 comentários:

  1. nossa adorei a matéria, visete nossa loja virtual www.nutritivasaude.com.br, ótimos suplementos, corre ver, vai gostar, tudo em suplementação par homens,e mulheres

    ResponderExcluir

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...