O que o relacionamento com o cliente tem a ver com o seu preço? (Parte II)

Olá!Como vão todas? Se você anda agoniada por causa das suas vendas, quer dizer... da falta delas esse texto é para você. E se você não leu o texto anterior, corre AQUI porque esse é o complemento dele. Hoje vamos falar mais um pouco sobre quando seu cliente diz que está caro.
O que o relacionamento com o cliente tem a ver com o seu preço? (Parte II)

Já parou para pensar que seu cliente pode não enxergar o problema, ou necessidade dele como sendo tão importante de ser resolvido? Pois é... Se ele não enxerga o que adianta você falar sobre os benefícios que você pode oferecer? Concorda que ele sempre vai estar procurando uma maneira de te dizer não? E uma das mais fáceis é dizer que tá caro, concorda? Vou dar um exemplo que eu ouvi há pouco tempo. Uma pessoa que trabalha com produtos de beleza, atendeu sua cliente que disse precisar de algo para melhorar o aspecto das suas sobrancelhas. Porém essa pessoa quando chegou viu que ela tinha várias manchas na pele do rosto e resolveu oferecer um produto para isso também. E o que aconteceu? A cliente se ofendeu quando ouviu que ela precisava de um produto para a sua pele e não comprou nem um nem outro e nunca mais recebeu essa pessoa na casa dela novamente. Resumo da ópera... A empreendedora não praticou a escuta ativa. E o que vem a ser isso Kika? Escuta ativa é você escutar, passivamente o que a outra pessoa está falando, prestando atenção a detalhes que você pode utilizar para auxiliar essa pessoa a enxergar o que ela precisa. Quando a gente fala, muitas vezes a gente não enxerga contradições e nem mesmo o que realmente nos incomoda nas situações. E é aí que você entra! Perceber isso quando outra pessoa que não você está falando é muito mais fácil. Porque você não tem emoção, nem sentimento envolvidos naquela dor. Então você consegue pensar melhor à respeito, sem apego.

Converse com seu cliente sem tentar se aproveitar disso para forçar a venda
É preciso aproveitar a conversa para trazer para a consciência do cliente a necessidade dele daquilo que você oferece a ele. E é justamente por isso que você não precisa forçar a venda. Quando o cliente perceber que ele precisa de algo relacionado ao seu problema para resolvê-lo ele vai buscar exatamente isso. E você, como num passe de mágica vai ter a solução quando ele mencionar a necessidade dele. Com essa conversa entre vocês, a confiança será estabelecida e seu cliente vai querer mais evidências de que você pode resolver o problema dele.

Tenha sempre em mãos evidências de que você resolve o problema do seu cliente
Gente, ter evidências dos resultados dos seus produtos ou serviços é fundamental!!! É essencial!!! Você precisa ter depoimentos, fotos antes e depois, recomendações. Isso é a chave do fechamento da venda, porque quando você mostrar as evidências você além de fechar ainda vai conquistar um amigo. Porque você terá livrado seu cliente de algo que o incomoda. Você vai ter trazido a ele alívio, satisfação, felicidade, amor. É isso que as pessoas querem, é isso que está por trás de qualquer coisa que elas compram. Quando seu cliente tiver isso, ele vai te dar dinheiro e ainda vai ficar grato por você ter se importado com ele e por ter resolvido o problema dele.

Como mais um resultado dessa prática você ganhará divulgação gratuita
Pense comigo, o que você faz quando compra algo que te salva? Conta sobre isso falando apenas de benefícios e qualidades, certo? Você inclusive indica isso para todo mundo que conhece que tem esse tipo de problema, não é? Se aquilo pra você foi uma salvação, é normal que não queira quem você gosta sofrendo pelo mesmo que você sofreu sabendo que existe uma solução. E é exatamente isso que vai acontecer com o seu cliente. Ele vai indicar seu produto ou seu serviço para todos que compraram outras soluções que não deram certo, porque ele é a prova de que o que você oferece dá certo. E ele vai indicar para as pessoas que confiam nele, então a pessoa já chega em você precisando do que você tem ou faz.

Portanto leitoras, não se zanguem com seu cliente quando ouvir: “Tá caro!” Enxergue que não é pessoal, ele está falando isso porque ele não entende que ele precisa do seu produto e não porque seu produto está caro. Você já tem tanta coisa para se desgastar, para que se desgastar com isso? Tente pensar como ele pensa, porque é por causa disso que ele está falando que está caro. Use a sua inteligência para conduzir a conversa para esclarecer ao seu cliente o objetivo do diálogo. De que é preciso resolver o problema e não girar em torno do preço barato ou caro. Se ele compreender o que falamos aqui no texto ele vai enxergar o real valor do seu trabalho. Testa aí e me fala.

Espero realmente conseguir ajudar as leitoras do Blog Mãe de Primeira Viagem e contarei com a ajuda de vocês para alcançar este objetivo. Conto com as suas opiniões, questionamentos, dúvidas, críticas, elogios, solicitações de conteúdo. Enfim, interação! Assim vamos ajustando o foco e todas crescemos juntas.

Então teclas a obra e vamos lá! Vejo você no próximo texto. Sempre aberta a sugestões de temas. Sobre o que você quer que eu escreva? Sobre qual assunto você quer aprender mais?

Leia Também:
Meu Caminho no Empreendedorismo: AQUI
10 Dicas para desenhar seu negócio (Parte I): AQUI
10 Dicas para desenhar seu negócio (parte II): AQUI
A importância do propósito dentro do seu negócio: AQUI

Autora: Kika Moreira
Instagram: @coachkikamoreira

0 comentários:

Postar um comentário

Adoramos a sua visita!
Deixe um recadinho, uma dica, um comentário ou nos conte sua experiência!
Vamos adorar ler! Bjos e Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...